Chuvas ao Oeste da Bahia levaram otimismo à cerimônia de posse das novas diretorias da Abapa e da Aiba



O presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Arlindo de Azevedo Moura, e o presidente do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA), Haroldo da Cunha, participaram na última sexta-feira da cerimônia de posse das novas diretorias da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e da Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), que passam a ser lideradas, respectivamente, por Júlio Cézar Busato e Celestino Zanella. A solenidade teve participação do governador da Bahia, Rui Costa.
Em seu discurso, Arlindo Moura destacou a importância da Bahia na produção brasileira de algodão, e o prenúncio de tempos melhores com a volta da normalidade climática na região, que passou por quatro anos de severa estiagem. "Quando a Bahia planta e colhe bem, toda a produção brasileira de algodão responde positivamente, o mesmo acontece nos momentos de crise", disse Moura.
Os 144% de incremento na produção ante o ciclo 2015/16, segundo o presidente da Abrapa, significam não, ainda, um aumento, mas o retorno da Bahia aos seus patamares normais. "A um posto que lhe cabe, pela grande competência do produtor baiano, que trabalha na vanguarda, com as melhores tecnologias e práticas, e que se une sob a liderança dessa associação forte e proativa, a Abapa", afirmou, lembrando que o profissionalismo e a união contribuem para que o estado seja o segundo maior produtor nacional de algodão, e pela qualidade de sua fibra.
Moura parabenizou o trabalho de Celestino Zanella, que soube imprimir seu "estilo de austeridade" ao uso dos recursos da entidade, em um momento em que essa característica se tornava mandatória. Ele desejou boa sorte ao novo presidente da Abapa, Júlio Cezar Busato, que também é vice-presidente da Abrapa e presidente da Câmara Temática de Insumos Agropecuários do Mapa.
Na ocasião, o governador da Bahia, Rui Costa, vestiu a camisa Sou de Algodão, aliando-se à campanha da Abrapa que visa a aumentar o consumo da fibra no mercado interno. Todo o público da cerimônia recebeu as camisetas, disponíveis no evento nas cores preta e branca.




fonte abrapa
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br