Chuvas afetam 38 municípios no Estado



As chuvas já castigaram 38 municípios mato-grossenses e elas não devem dar trégua durante todo o final de semana. Portanto, pode aumentar ainda mais a lista de municípios que decretaram estado de alerta e emergência em relação aos prejuízos causados com as fortes chuvas. Somente na última sexta-feira 34 municípios procuraram a secretaria adjunta da Defesa Civil para buscar ajuda.
Além de Campo Novo do Parecis, Santo Antônio do Leverger, Barão de Melgaço, Poconé, a lista contém cidades como Barra do Garças, Sapezal, Rio Branco, Vale de São Domingos, Chapada dos Guimarães, Confresa, Vila Rica, Santa Terezinha, Cláudia, Água Boa, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião, Barra do Bugres, São José do Xingu, entre outros. Segundo a Defesa Civil, as chuvas que caem diariamente em praticamente todo o Estado devem continuar até pelo menos o dia 21 de fevereiro.
Entre os problemas relatados pelas localidades estão atoleiro, alagamento. Os municípios estão sendo orientados quanto aos procedimentos necessários para decretarem situação de emergência. A Defesa Civil também deve encaminhar auxílio humanitário.
Várias cidades já estão inclusive ilhadas devido à chuva. Em Santo Antônio do Leverger (34 quilômetros de Cuiabá) cerca de 100 famílias, de sete comunidades ribeirinhas estão “ilhadas”. O nível do rio na cidade que superou os nove metros transbordou e invadiu várias casas. Segundo assessoria de imprensa do município, não há ainda família desabrigada. Mas, muitas casas de fato foram invadidas pela água, em outras não há qualquer possibilidade do morador sair.
“Já estamos dando todo o suporte necessário, encaminhamos pedido de ajuda para a Defesa Civil, todos os moradores afetados estão sendo amparados”, confirmou assessoria.
Em Cuiabá, segundo a Defesa Civil a situação que ainda não era de atenção, mas está sendo monitorada, começou a normalizar. O coordenador José Pedro Zanetti afirmou que o nível do rio na sexta-feira estava na marca de 5,27 metros, na quinta a marca da régua chegava a 6,86.
Campo Novo dos Parecis - Um dos municípios mais atingidos pela chuva no Estado foi Campo Novo dos Parecis (444 quilômetros de Cuiabá). A chuva que caiu na semana passada atingiu 750 casas e deixou três mil desabrigados. Segundo a Defesa Civil, em 48 horas choveu, no município, mais do que o previsto para o mês todo e três mil pessoas foram atingidas pela inundação.
A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, por meio da portaria 19/2017, publicada na última sexta-feira no Diário Oficial da União (DOU), reconheceu a situação de emergência de Campo Novo do Parecis.
Com isso, o município está autorizado a buscar recursos federais para ações emergenciais de socorro, assistência e recuperação de áreas atingidas.
Previsão - A previsão para a Baixada Cuiabana é que as temperaturas tenham variação entre 23 graus e 36 graus, durante o sábado e domingo.
No Norte do Estado, em Sinop, os termômetros devem registrar entre 22 e 31 graus, no fim de semana. Em Rondonópolis, a previsão é que as temperaturas tenham variação entre 23 graus e 30 graus. Para Barra do Garças, o Inpe prevê mínima de 22 graus e máxima de 31 graus.
A Defesa Civil do Estado emitiu alerta meteorológica avisando sobre a previsão de tempestades com raios e trovoadas a partir da madrugada de sábado. Na maior parte dos pontos, as tempestades serão acompanhadas de descargas elétricas, rajadas de ventos e chuva forte, que pode ocasionar alagamentos.



fonte folhamax
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br