Araguaia - Atoleiros dificultam tráfego de carros na MT-322; motoristas reclamam



Os motoristas que trafegam pela MT-322, a antiga BR-080, estão levando até 15 horas para percorrer um trecho de 274 km entre São José do Xingu ao trevo de Matupá, nas regiões Norte e Nordeste do Estado. As fortes chuvas que caíram nos últimos dias deixaram a rodovia intrafegável com atoleiros em vários pontos e sem condições de manutenção imediata.

De acordo com os motoristas, a situação é crítica, embora exista a boa vontade da Prefeitura de São José do Xingu em recuperar o trecho, contudo, as chuvas continuam impedindo o uso de maquinário, que estão parados à espera da estiagem. Tratores de fazendas auxiliam na remoção de carretas e veículos de passeios atolados.

Os motoristas afirmam inclusive que há casos de colegas abandonarem os caminhões em busca de abrigo em pequenas lanchonetes, que ficam ao longo do trecho até que as chuvas cessem, para que as máquinas e caminhões do Governo do Estado resolvam os pontos mais críticos.

Além do trecho São José do Xingu a Matupá, outro trajeto intransitável está localizado na região do Posto do Arno. Filas de caminhões se formam nas duas margens da pista na tentativa de seguir viagem. “Infelizmente não temos o que fazer. A chuva não cessa e o trabalho é grande. Existe a união entre a prefeitura e os produtores, mas está praticamente impossível executar esse trabalho”, disse o secretário de Obras de São José do Xingu, Ludio Barros.

Ele ainda explica que a situação também é crítica na MT-430, que liga a região do distrito Santo do Fontoura até o Natanael, onde o tráfego está sendo dificultado pelos atoleiros. (Com Agência da Notícia)







fonte rd news
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br