Abrafrigo faz alerta sobre possível crise no setor frigorífico



 “O cenário de uma nova crise sem precedentes volta a impactar o setor frigorífico brasileiro que produz carne bovina depois de um ano considerado bom em 2015 e um início de recuperação que não chegou a consumar-se.” A declaração é do presidente executivo da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), Péricles Salazar, em nota enviada à imprensa nesta segunda-feira (18). Segundo o dirigente, três fatores de dificuldades – que historicamente não costumam andar juntos, mas que, desta vez, ocorreram ao mesmo tempo – têm deixado os empresários preocupados com o futuro. “E não há sinais de que no curto prazo a situação se modifique”, disse ele. Para Salazar, “está muito próxima a situação de fechamento de unidades e desemprego, algo que não imaginamos que pudesse vir a ocorrer tão cedo”. O setor emprega mais de 1 milhão de trabalhadores em todo o país. O principal fator da “nova crise” é a queda do consumo de carne bovina que, em anos passados, rondou perto de 40 kg/ano por habitante e que, hoje, já está em 32, segundo a Conab. O segundo fator é o mercado externo, que tem se mostrado de difícil crescimento por conta da diminuição das importações de importantes clientes como Rússia e Venezuela, em razão dos baixos preços do petróleo.
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br