Pressão de baixa persiste com menor intensidade no mercado do boi gordo



Na maior parte das regiões, as ofertas de compra abaixo das referências são comuns. Mesmo assim, este fato não resulta em fortes quedas das cotações. Há resistência dos pecuaristas em entregar a boiada em preços menores. Além disso, a oferta limitada, mesmo com a melhora das últimas semanas, limita a pressão de baixa. No mercado atacadista de carne com osso, o escoamento continua lento. Novas quedas não estão descartadas com a proximidade da segunda quinzena do mês, quando diminui o poder de compra do consumidor. Assim, a margem das indústrias segue pressionada. Para as unidades que fazem a desossa, a margem de comercialização está em 15,7%, quase cinco pontos percentuais abaixo da média histórica. Já o equivalente Scot Carcaça está em 8,8%, sem agregar os demais custos, como energia elétrica e mão-de-obra, por exemplo. Fonte Scot Consultoria
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br