China expande suas compras em 108% em abril



As vendas brasileiras de carne de frango para o mercado chinês continuam em ritmo crescente, informa a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).  Conforme números levantados pela entidade, o país asiático incrementou suas vendas em 108% em abril na comparação com o mesmo período do ano passando (ou 26,7 mil toneladas a mais), chegando a 51,5 mil toneladas.   É um novo recorde nos embarques para o mercado asiático, que consolida a China como segundo maior destino das exportações do setor, com 12,5% do total embarcado pelo Brasil. Em receita, houve incremento de 80% no mesmo período (abril), com US$ 86,3 milhões. A alta acumulada nas vendas para os chineses no quadrimestre chegou a 68%, alcançando 149,4 mil toneladas.  Em dólares, foram US$ 256 milhões, 43% acima do registrado em 2015. “A ABPA e mais treze empresas, em parceria com a Apex-Brasil, promoveram uma grande ação durante a SIAL China, em Xangai. Foi notável uma forte mudança positiva no movimento de vendas para o mercado chinês, com forte interesse de importadores dos mais variados portes. As perspectivas são boas e este movimento de alta deve se manter nos próximos meses”, destaca Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA. Outros mercados – Assim como a China, vários outros mercados apresentaram forte elevação nas compras. Um deles é a Arábia Saudita (principal destino das exportações brasileiras), que incrementou suas compras em 15% em abril (ou 8,5 mil toneladas a mais), atingindo 67 mil toneladas.  No quadrimestre a alta é de 9% (21,1 mil toneladas a mais), alcançando 246,9 mil toneladas. Outro mercado que se destacou foi a Rússia, com aumento de 133% em relação ao quarto mês do ano passado (6 mil toneladas a mais), chegando a 10,4 mil toneladas.  Nos quatro meses de 2016 foram 28,6 mil toneladas, volume 59% superior ao registrado no ano anterior (ou 10,6 mil toneladas a mais). A União Europeia também tem apresentado elevação em suas compras ao longo deste ano.  Em abril, foram embarcadas 38,9 mil toneladas (+17% ou 5,6 mil toneladas a mais).  No acumulado do ano, são 135 mil toneladas exportadas (+8% ou 10 mil toneladas a mais). “Estamos em final de ‘ano-cota’, o que justifica esta alta”, explica Ricardo Santin, vice-presidente de mercados da ABPA. Outros países também apresentaram forte elevação em suas compras no mês de abril, como Iemen (+736%, chegando a 6,5 mil toneladas), México (+220%, com 6,7 mil toneladas), Egito (+52%, com 12 mil toneladas) e Omã (+83%, com 9 mil toneladas). “Praticamente todos os mercados apresentaram elevações nos níveis de compras, com destaque para China e México que, além de apresentar aumentos importantes, deverão seguir consistentes ao longo do ano”, analisa Santin. Saldo geral - Em abril, os embarques totais de carne de frango (considerando todos os produtos) atingiram 421 mil toneladas, volume 25% superior ao registrado no ano anterior. Este é o segundo melhor resultado da história do setor. Com isso, as exportações acumuladas em 2016 chegaram a 1,46 milhão de toneladas, volume 15,4% superior ao registrado nos quatro primeiros meses de 2015. Graças ao forte ritmo, a receita cambial alcançou elevação de 9,7% no quarto mês deste ano em comparação com o ano anterior, chegando a US$ 620 milhões. No quadrimestre, com US$ 2,11 bilhões, houve retração de 2,19% em relação ao ano anterior. O saldo é ainda mais positivo na receita em reais, com crescimento de 28,5% no resultado do mês de abril – com R$ 2,21 bilhões – e de 27,1% no quadrimestre – com R$ 8,01 bilhões. Agrolink com informações de assessoria
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br