Instituto aponta que Mato Grosso poderá colher a maior safra de soja da história



 Mesmo com a estiagem que atingiu o estado no final do ano passado, Mato Grosso volta a ter expectativa de colher a maior safra de sua história. A nova estimativa de safra manteve a área em nove milhões e duzentos mil (9,2 milhões) hectares. De acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária, o Imea, a perspectiva aponta uma melhoria na qualidade das lavouras em todas as regiões do Estado ante última estimativa. Neste momento, é esperada uma produtividade final de 51,6 sacas por hectares e uma produção de vinte e oito milhões e quinhentas mil (28,5 milhões) de toneladas em Mato Grosso. A produtividade, apesar de vir com 0,3 sacas por hectare menor que a safra 2014/2015, deve apresentar uma produção de 419 mil toneladas a mais em 2016. O Imea chama atenção que, na nova estimativa, estão quantificadas as perdas registradas nas lavouras até o fim de 2015, ou seja, mesmo com expectativa de produção recorde, este volume poderia ser ainda maior em 2016. O Instituto considera também que a safra 2015/16 de soja já inicia com grandes variações com relação à qualidade das lavouras nas diferentes regiões de Mato Grosso. A falta de chuva durante a semeadura e a melhora nas condições climáticas a partir de janeiro provocou reflexos diferenciados em cada região do Estado. As melhores produtividades são esperadas nas regiões Oeste, Sudeste e Centro-Sul. Em contrapartida, Nordeste e Médio Norte, regiões que foram mais castigadas pela falta de chuva até o fim do ano, possui expectativa de menor produtividade por região em Mato Grosso. Fonte Agencia da Noticia
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br