Índios fazem acordo com governo de MT e liberam maquinário de obras



O maquinário da Secretaria estadual de Infraestrutura (Sinfra) que estava em posse dos índios da aldeia Piaraçu, na região do Parque Indígena do Xingu (norte de Mato Grosso) foi devolvido nesta quarta-feira (17), segundo divulgou a secretaria. Os índios, da etnia Kaiapó, haviam tomado as máquinas e levado-as para a aldeia, ameaçando incendiá-las, caso não fossem retomadas as obras de manutenção da rodovia estadual MT-322. O acordo de devolução das máquinas aconteceu em uma reunião entre a Sinfra e os indígenas, que mantinham os equipamentos na aldeia desde a última sexta-feira (12). Ao todo, os índios se apoderaram de dois caminhões-caçambas, uma patrola e uma pá carregadeira. No dia em que tomaram o maquinário, eles também renderam funcionários da Sinfra. De acordo com a pasta, no momento da captura uma equipe da secretaria estava atuando na manutenção da rodovia no sentido Matupá-São José do Xingu e outra estaria trabalhando em um trecho localizado dentro da reserva indígena, fazendo melhorias para garantir a trafegabilidade na estrada. Máquinas foram levadas para a aldeia Piaraçu (Foto: Roiti Metuktire/Arquivo Pessoal) O coordenador regional da Fundação Nacional do Índio (Funai) Paxton Metuktire confirmou nesta quinta-feira a devolução do maquinário. Ele disse que a reunião com a equipe de governo, nesta quarta-feira, selou também o compromisso de retomada das obras na região. Por sua vez, a Sinfra confirmou que as obras de recuperação da MT-322, na região de Matupá, já foram retomadas, e explicou que, até a próxima semana, deverá iniciar as obras na região de São José do Xingú, perto da aldeia Piaraçu. A Sinfra mantém, desde 2015, cerca de 22 máquinas pesadas que estão atuando nas obras da rodovia MT-322. Fonte G1
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br