Protesto contra homicídio praticado por índios fecha BR 174



Familiares dos jovens que foram mortos em dezembro na reserva dos índios Enawenê Nawe bloqueiam nesta manhã de sábado a rodovia que liga Vilhena a Juína. Hoje faz um mês que Marciano Cardoso Mendes e Genes Moreira dos Santos Júnior foram assassinados após desentendimento com os indígenas em virtude da cobrança de pedágio para uso da estrada. Os parentes das vítimas cobram providências do poder público com relação ao caso. Eles relataram que após uma reunião que tiveram na tarde de ontem descobriram que o mandado de prisão está na Justiça Federal de Juína, e que o juiz que cuida do caso não assinou a determinação em desfavor dos indígenas e ainda saiu de férias. Além da 174, os manifestantes também bloqueiam da estrada MT-170, e garantem que as duas estradas vão ficar fechadas com faixas e pneus por tempo indeterminado. Fonte: Extra de Rondônia
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br