Mosquini quer patrulha rural para coibir violência no campo



Sexta-Feira, 08 de Janeiro de 2016 às 10:45 ENVIE DENÚNCIAS, FOTOS, VÍDEOS: 69 9353-3037 Mosquini quer patrulha rural para coibir violência no campo Proporcionar mais segurança para o homem do campo e levar policiamento ostensivo para a área rural. Este foi o objetivo da reunião entre o deputado federal Lúcio Mosquini (PMDB-RO) e o secretário de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) Antônio Reis. “Sou um defensor da patrulha rural no campo e solicitei ao secretário que inicie – como projeto piloto – fazendo a ronda ostensiva na área rural dos municípios de Theobroma e Vale do Anari. O secretário me garantiu que iniciará já na próxima segunda-feira este policiamento nos dois municípios. O Reis é um grande secretário e vem cumprindo seu trabalho com excelência”, afirmou Mosquini. O policiamento ostensivo será feito pelo contingente da Polícia Militar dos municípios de Jaru e Theobroma. Inicialmente as rondas coibirão os assaltos que acontecem na zona rural – principalmente com moto – o porte ilegal de arma e o transporte e comércio irregulares de pássaros e animais silvestres. As invasões de terra, que são rotineiras nesta região, também serão reprimidas pela patrulha rural. A partir desta experiência na região de Jaru Mosquini pretende estender a patrulha rural no campo para todo o estado de Rondônia. A idéia é que a patrulha mantenha contato estreito com a comunidade, principalmente fazendeiros e sitiantes, no sentido de estabelecer vínculos de confiança e proteção nos referidos locais.  “A patrulha rural já existe em alguns estados como Minas Gerais e Paraná para atender exclusivamente aos moradores das áreas rurais do estado. Rondônia é um estado eminentemente agrícola e vem sofrendo com a crescente violência no campo. O objetivo do projeto é que haja policiamento ostensivo em trechos sem asfalto e locais de difícil acesso e os policiais possam visitar as propriedades rurais onde se apresentarão aos moradores deixando sempre o número do telefone celular para que sejam rapidamente acionados em casos de emergência”, concluiu Mosquini. Fonte: Assessoria
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br