Polícia conclui inquérito sobre chacina em fazenda de Vilhena



A Polícia Civil de Vilhena (RO), no Cone Sul, concluiu o inquérito que apura a participação de quatro pessoas na chacina ocorrida em outubro na Fazenda Vilhena. Até o momento, apenas um dos suspeitos foi preso. Segundo a Polícia Civil, apesar do inquérito ter sido concluído, um novo procedimento foi aberto para apurar a participação de outras pessoas na chacina. O Ministério Público de Rondônia (MP-RO) deve oferecer denúncia contra os quatro suspeitos, que devem ir a julgamento em 2016. Chacina No sábado (17), cinco pessoas foram mortas em uma fazenda de Vilhena. As investigações apontam que o crime teria sido motivado por disputa de terras. Dois suspeitos de serem os mandantes foram identificados e estão sendo procurados. Dentre os mortos estão dois idosos e um adolescente de 17 anos. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Fábio Campos, seis pessoas armadas chegaram em três motocicletas na propriedade e realizaram os homicídios. O local passou por uma reintegração de posse dois dias antes da chacina. “Eles chegaram atirando. Depois atearam fogo na casa onde as vítimas tentavam se esconder. Houve pessoas ali que estavam vivas, morreram não pelo tiro, mas em razão do incêndio. Foram queimadas vivas na verdade”, afirma.
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br