Transportar milho de Sorriso a Santos fica mais caro 27/11/2015



O ano parece se distanciar dessa realidade no tocante ao frete. A análise é do Instituto Mato-grossense de Economia  Agropecuária (Imea) que no último boletim, aponta  após o preço do frete no trecho Sorriso-Santos atingir a maior cotação do ano em meados de agosto, esse valor pouco reduziu desde então”. De acordo com Instituto, na última semana, esse valor voltou a bater o recorde do ano, ficando em R$ 315,00/t. “Desta forma, percebe-se que o mercado de fretes encontra-se extremamente pressionado no Estado, já que fatores como a diminuição na oferta de caminhões, início da cobrança dos pedágios, especulações sobre possíveis fechamentos de rodovias têm inflado o preço do frete no Estado, o que acaba afetando negativamente o preço do cereal pago ao produtor”. Conforme a entidade, “há cerca de um ano, o Imea relatava sobre o processo de retração dos preços de frete no Estado, fato comumente visto no período de pós-escoamento maciço do cereal, ou seja, após atingir altos valores em agosto e setembro (picos de escoamento), o que acontecia era uma redução no preço”. Fonte: Só Notícias/Agronotícias/Weverton Correa (foto:assessoria/arquivo)
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br