Governo terá acompanhamento centralizado de obras







Uma parceria entre o Governo de Mato Grosso e o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) possibilitará acesso às informações de obras executadas por todos os órgãos da esfera estadual, isso com base nos relatórios do sistema de gerenciamento de dados, Geo-Obras. A ação faz parte da proposta do Observatório de Gestão (O.G.), coordenado pela Vice-Governadoria.

Recentemente foi disponibilizado pelo TCE à equipe técnica do Observatório de Gestão o banco de dados completo, com relatórios e contratos, para cruzamento de dados. O objetivo é que essas informações componham um conjunto de relatórios e indicadores dentro de uma única ferramenta à disposição do governo, para subsidiar a decisão e o planejamento do Estado.

“Hoje o Estado tem o controle do andamento de cada secretaria e ações do governo. Com o acesso às obras do Geo-Obras haverá a integração dessas informações com as dos municípios. O cruzamento destas informações facilitará na tomada de decisão e proporcionará a economia de recursos ”, explica Fávaro.

Um exemplo de economia aos cofres públicos, proposto pelo Observatório, é a utilização do cruzamento de dados de todas as pastas  patra aprimorar a fiscalização de obras. Cinco obras de diferentes pastas em andamento em um município distante poderiam ser fiscalizadas em uma só viajem, afirma Sandro Araújo, gestor do Observatório. Isso pouparia recursos com combustível, aluguel de veículos e diária.
O Observatório atende a uma determinação do governador Pedro Taques de integrar e monitorar os principais indicadores de gestão das secretarias, utilizando as soluções já existentes em uma plataforma inteligente, de forma otimizada, geoprocessada e centralizada.

O banco de dados do Tribunal possui 13.499 mil obras cadastradas sendo que destas, 3.528 mil estão em andamento, somando cerca de R$ 9,3 bilhões em recursos públicos que devem ser acompanhados e fiscalizados. O Estado possui ainda 975 obras paralisadas, orçadas em aproximadamente R$ 2 bilhões.

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação do TCE, Odiley Medeiros, a intenção do Tribunal para o próximo ano é aprimorar a ferramenta de consultas do Geo-Obras para que a população possa ter acesso mais fácil ao andamento de todas as obras.




 Fonte:DURCY ARÉVALO e LORENA BRUSCHI
Assessoria Vice-governadoria











    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2015. Mídia Rural - Todos os Direitos Reservados
Um Projeto: Du Pessoa© Web Sites e Marketing Digital (69) 9366 7066 WhatsApp* | www.dupessoa.com.br