Governo retoma obras de duplicação de rodovia



Duplicação da MT 040
A primeira fase das obras de duplicação da rodovia Palmiro Paes de Barros (MT-040), que liga Cuiabá ao município de Santo Antônio de Leverger, recomeçou em 2015 e os trabalhos na pista seguem a todo vapor. A intervenção faz parte do programa Pró-Estradas/Vale do Rio Cuiabá, lançado recentemente pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

Paralisadas desde 2009, as obras de duplicação da rodovia foram retomadas pela atual administração neste ano. No total, serão contemplados mais de 23 quilômetros. Nesta primeira fase serão recuperados 11 quilômetros com a reconstrução do asfalto, no trecho da pista que sai do município de Leverger, sentido Capital. A previsão é de que a intervenção seja finalizada em 2015.

Após o término da restauração, as obras se concentrarão na segunda fase do projeto. Será pavimentada a segunda pista que tem início na região do cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá e segue até a rotatória da antiga Rodovia dos Imigrantes (BR-163/364). Serão aproximadamente 4 quilômetros totais da pista duplicada.

Já na terceira e última fase da obra, equipes da Sinfra duplicarão os 11 quilômetros da pista restaurada em 2015. Durante todo este período, os demais trechos da rodovia receberão a devida manutenção para manter a qualidade do asfalto. Ao todo serão investidos mais de R$ 25 milhões para que a duplicação seja encerrada em 2017.

Atenção na pista 

Por conta das obras de duplicação da MT-040, motoristas devem estar atentos em alguns trechos da rodovia, principalmente próximos ao município de Santo Antônio de Leverger. 

Placas de sinalização estão instaladas na região para orientar os usuários sobre os desvios instalados. É recomendado que motoristas redobrem a atenção e reduza a velocidade na via. 

Pró-Estradas / Vale do Rio Cuiabá 

A obra de duplicação da MT-040 está entre as 66 intervenções do programa Pró-Estradas/Vale do Rio Cuiabá, lançado na última semana pelo governador Pedro Taques. O pacote tem previsão de investimento superior a R$ 1 bilhão em quatro anos de trabalho. 

Ao todo serão quatro obras de duplicação, 12 de construção (pavimentação), 11 de reconstrução do asfalto deteriorado e 39 obras de arte especiais (que são pontes de concreto, viadutos e trincheiras). 

Mais de 900 mil habitantes serão beneficiados diretamente com o programa de ações realizado pela Sinfra. Os recursos são oriundos do Tesouro/Fethab, Cide, BNDES /Pró-Turismo, DNIT e Banco do Brasil.



Da Assessoria
    Comente usando o Google
    Comente usando o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2018 Mídia Rural. Todos os Direitos Reservados
Du Pessoa Agência Digital (73) 9 8888 1488 WhatsApp www.dupessoa.com.br